sábado, 26 de maio de 2012

Top 10 filmes nerds

Ser nerd requer muito trabalho. Afinal, este ser é dotado não apenas de inteligência, mas de uma cultura vasta sobre diversos projetos, programas, filmes, videogames, entre outras coisas que ditam o conhecimento e o entretenimento. A revolução nerd aconteceu. Hoje, o cara de óculos, cheio de espinhas, gravata borboleta, suspensório e aparelho nos dentes deu lugar ao cara moderno, que frequenta as mais variadas rodas, desde a sala de aula à pré-estreia de “Star Wars 3D”, passando pela mesa de bar e pelas baladas da vida. Ser nerd (ou geek, como prefiram) virou cool. Por isso, no Dia do Orgulho Nerd, listei dez filmes que fazem parte da cultura nerd por excelência ou que retratam bem como é ser um.
PS: não custa lembrar que tem muita coisa faltando aí, já que estamos falando de todo um universo de coisas definidas há tempos por seres ancestrais a mim.

10. Scott Pilgrim Contra o Mundo (2010)
Baseado em uma HQ, Scott Pilgrim pode ser tomado como exemplo do nerd de hoje, esse cara descolado e integrado com diversos aspectos da cultura nerd. O longa mistura o universo dos videogames com o mundo do rock'n roll e capta a aura do que todo rapaz introvertido do início do século XXI deseja ser: popular a ponto de conquistar a garota mais bacana da cidade.

+Nerdice: Edgard Wright, o diretor/roteirista, conseguiu permissão para usar a famosa canção-tema do jogo “A Lenda de Zelda” escrevendo uma carta para a própria Nintendo, dizendo que a música é considerada a “canção de ninar” dessa geração. Ele também foi autorizado a usar o tema de “Seinfeld” para a sequência com estilo de sitcom.

9. Watchmen (2009)
Considerada a Bíblia dos quadrinhos, “Watchmen” só ganhou adaptação anos depois da publicação da graphic novel, escrita por Alan Moore. Cultuado por muitos, o filme fez uma adaptação razoavelmente fiel, ampliando o conhecimento da HQ com aqueles que ainda não a conheciam. A história: super-heróis que tentam levar uma vida normal após um período de aposentadoria saem do “armário” após a morte de um deles.

+Nerdice: Durante a escalação do elenco o diretor Zack Snyder deu a cada ator uma cópia do roteiro e outra da graphic novel "Watchmen". Posteriormente, já durante as filmagens, Snyder permitiu que os atores levassem ao set a graphic novel e reescrevessem eles próprios seus diálogos;

8. Batman (1989)
Em 1989, Tim Burton conseguiu levar às telas um filme que ficaria marcado por um bom tempo como o melhor filme baseado em uma HQ. E logo com o Batman. Em um tempo em que o gênero era meio desacreditado, criando pérolas como as sequências do Superman, “O Fantasma” ou aquele “Geração X”, o “Batman” de Tim Burton permaneceu praticamente inabalável durante os anos 1990, mesmo diante das suas próprias sequências. Aí, em 2000, veio um tal de Bryan Singer e lançou “X-Men”, mudando tudo o que sabíamos até então sobre o gênero.

+Nerdice: O filme deu origem a “Batman – The Animated Series”, a bem sucedida série animada que foi muito popular nos anos 1990, outro achado da cultura nerd. Também deu origem a outros três filmes: “Batman – O Retorno”, “Batman Eternamente” e “Batman e Robin”. Não, a franquia do Chris Nolan não tem nada a ver.

7. Tron (1982)
Pode parecer meio bizarro hoje, mas “Tron” foi um dos primeiros a usar a computação gráfica, lá em 1982. Imagina no começo da década de 1980 falar sobre “um hacker que é, literalmente, abduzido para o mundo da informática e é forçado a participar em uma competição onde sua única chance de escapar é com a ajuda de um programa de segurança”? Irônico, instigante e um prato cheio, mas um fracasso absurdo na época, virando cult apenas anos depois.

+Nerdice: Apesar de a animação computadorizada ser utilizada no filme, a tecnologia da época não permitia que atores reais e personagens computadorizados dividissem a mesma cena. Desta forma as cenas com atores que necessitavam de efeitos de animação tiveram que ser feitas pelo método tradicional, ou seja, no braço.

6. Akira (1988)
“Akira” é um dos mais populares mangás japoneses. É também um dos mais cultuados filmes do gênero de todos os tempos. Ele é o representante de toda a produção cultural animada japonesa que ganhou as telas do cinema. A história se passa em 2019 em uma Tóquio futurista, com o membro de uma gangue é transformado por um projeto militar em um poderoso psicopata. 

+Nerdice: A graphic novel na qual “Akira” é baseado começou a ser publicada em 1982. Apesar de o filme ter sido lançado em 1988, em uma versão condensada e com a conclusão da história, a trama na graphic novel apenas foi concluída em 1990.

5. Piratas da Informática (1999)
Digamos que essa é a biografia não oficial da história da Apple e da Microsoft. Foi produzido para a televisão americana, contando a história da fundação das duas empresas de informática, bem como sobre os seus fundadores, Steve Jobs e Bill Gates. Dirigido por Martin Burke, também atende pelo nome original “Piratas do Vale do Silício”. E a pergunta que não quer calar: PC ou Mac?

+Nerdice: Em 1999, na Macworld Conference, pouco tempo depois do lançamento do filme, a plateia foi surpreendida ao descobrir que a abertura do evento foi realizada por Noah Wyle, o ator que interpreta Steve Jobs. Depois, o Jobs real aparece e troca umas palavrinhas com o ator, à la Mark Zuckerberg e Jesse Eisenberg no Saturday Night Live.

4. O Guia do Mochileiro das Galáxias (2005)
Outro ícone da cultura nerd é o livro “O Guia do Mochileiro das Galáxias” que, vejam só, começou como um programa de rádio, em 1978. Adaptado para as telonas em 2005, esse é o responsável pelo Dia da Toalha, comemorado hoje no dia do Orgulho Nerd! Tudo porque, segundo o guia, a toalha é um ícone indispensável para qualquer viajante do espaço, sendo que ela pode ser utilizada de várias formas. A adaptação cinematográfica difere um pouco do primeiro livro (de uma trilogia de 4 livros) mas isso foi responsabilidade do próprio escritor Douglas Adams, responsável pelo roteiro.

+Nerdice: Desde 1982, o livro vem sendo alvo de projetos para ser filmado e levado às telonas, sendo que ele já tinha virado uma série e um videogame, além da série radiofônica. Apesar de serem seis livros, não há previsão de serem feitos mais filmes da série, dado o fraco desempenho do primeiro.

3. O Senhor dos Anéis (2001, 2002 e 2003)
Antes de ganhar os cinemas, na trilogia realizada por Peter Jackson, “O Senhor dos Anéis” já era um livro consagrado no mundo nerd, levando nomes como ‘hobbit’, ‘Sauron’ e ‘Terra Média’ direto para o dicionário desse pessoal. Quando foi anunciada a produção cinematográfica, a expectativa (e a preocupação) ficou nas alturas, mas Peter Jackson se provou digno da tarefa, virando um diretor cultuado no mesmo minuto.

+Nerdice: A trilogia O Senhor dos Anéis foi filmada simultaneamente, em um período contínuo de 18 meses cobrindo mais de 100 locações na Nova Zelândia. As filmagens foram enriquecidas por dois anos de pré-produção e outros dois de pós-produção. No total, a realização ocupou sete anos do diretor, roteirista e produtor Peter Jackson. O script de mais de 400 páginas também deu trabalho para muitas outras pessoas: além dos 114 personagens com falas, 20.602 extras foram usados nos três filmes e no auge da produção havia 2.400 pessoas trabalhando entre as equipes técnica e de criação.

2. Os Vingadores (2012)
Nem bem saiu nos cinemas, “Os Vingadores” já é quase o apogeu de toda a história da cultura nerd. Reunindo o time de heróis da Marvel em um só filme, o longa quebrou recordes de bilheteria e conseguiu reproduzir bem o espírito dos quadrinhos, levando fãs à loucura. Uma vitória da cultura nerd que chegou a um patamar global e que não para de fazer sucesso.

+Nerdice: É a primeira vez em que a mesma pessoa interpreta tanto o Hulk quanto Bruce Banner. Nos filmes anteriores, o personagem ou era criado digitalmente, como em Hulk (2003) e O Incrível Hulk (2008), ou duas pessoas interpretavam Brune Banner e seu alter-ego, como nos telefilmes estrelados por Bill Bixby e Lou Ferrigno. Mark Ruffalo usou um traje de captura de movimento durante as filmagens, de forma que ele próprio interpretasse o Hulk. 

1. Star Wars (1977)
George Lucas pode ser considerado o pai do nerd moderno. Escreveu a saga de Anakin e Luke Skywalker em um caderno de anotações e deu origem a uma das mais famosas e bem sucedidas franquias do mundo, quando ninguém acreditou nele. “Guerra nas Estrelas”, o primeiro de seis filmes (e o quarto na ordem cronológica), consolidou o gênero ficção científica em Hollywood quando isso era coisa apenas de produção B; conseguiu também atrair uma legião de fãs que se multiplica com o passar dos anos e que exibe uma devoção digna dos torcedores mais fanáticos de futebol; e também praticamente fundou a chamada Cultura Nerd. Afinal, bonecos colecionáveis, cartazes, cosplay, gente que sabe de cor falas do filme, rpg’s, produtos licenciados, convenções de fãs, idiomas e expressões próprias, marketing e merchandising boca a boca, tudo isso começou com Star Wars. E se repete até os dias de hoje. Que a força esteja com vocês!

+Nerdice: O primeiro roteiro de “Star Wars” trazia Luke Skywalker como uma garota que iria resgatar seu irmão. A ideia foi abandonada logo depois, mas outra mais estranha ainda foi cogitada: Luke seria um anão errante que exploraria um mundo repleto de gigantes. A versão definitiva do roteiro apenas ficou pronta em 1976, um ano antes do lançamento do filme.



Extra: A Vingança dos Nerds
O filme de 1984 exemplifica bem como os nerds eram e como eles ficaram hoje. É essa a imagem que vem à cabeça quando se pensa no nerd tradicional e esse filme, sucesso da Sessão da Tarde dos anos 1990, por muito tempo foi o símbolo de como o nerd é. Estereótipo vencido e desconstruído, mas fica a lembrança. Lambda, Lambda, Lambda!

3 comentários:

Anônimo disse...

ja vi a maioria desses filmes sô uma garota bem informada dos melhores filmes ... muito bom!!

Carolzinha disse...

Curto muito vários desses filmes, principalmente Star Wars e Tron, mas caraca... fiquei chocada em não encontrar no top ten nerd o mega maravilhoso Back to the future! Fica a dia pra listar futuras... mas parabéns pelo post... curti demais o blog!

Wylker Kenedy disse...

Não acredito que não tem a Saga Harry Potter e De volta para o futuro. O.O