sábado, 13 de setembro de 2008

Mamma Mia!


Mamma Mia! (EUA, 2008)
De Phyllida Lloyd .Com Meryl Streep, Pierce Brosnan, Amanda Seyfried, Colin Firth, Stellan Skarsgard, Julie Walters.

O mais impressionante em Mamma Mia! não é o fato de ser um musical, uma adaptação de um grande sucesso da Broadway. Não é o fato de tocar músicas do ABBA tão bem sincronizadas na história. Não são as paisagens gregas, incrivelmente belas, que decoram todo o filme.O que mais impressiona no filme são os atores, que mesmo com a idade carregando nas costas, não se deixam levar por conta disso e entram no clima do filme e voltam todos a serem crianças, como se o mundo fosse uma pista de dança.

Mamma Mia! se passa numa ilha grega quando Sophie, que está prestes a se casar, descobre um antigo diário de sua mãe, Donna, e encontra os possíveis candidatos a seu pai. Confusa e ansiosa ao mesmo tempo, Sophie convida os três para que ela conheça seu verdadeiro pai e este o leva para o altar. Só que nem tudo fica tão fácil assim e a relação de Donna com seu passado e seu presente começa a ficar agitada pela visita dos três homens, Harry, Sam e Bill. Nem mesmo Donna sabe quem é o pai de Sophie! Junte-se a isso às canções mais populares do ABBA e performances incríveis dignas de Broadway.

O filme já vale a pena só por ver Meryl Streep mais solta do que nunca em toda a sua carreira. Esqueça as donas de casa amarguradas de Kramer Vs. Kramer e A Escolha de Sofia; esqueça também as mulheres fortes como em Leões e Cordeiros; esqueça ainda Miranda Priestly de O diabo Veste Prada. Meryl Streep no papel de Donna, cantando e dançando, está até reconhecível, mas você não vai acreditar no que seus olhos estão vendo. Destaque para as performances de "Mamma Mia", "Dancing Queen" e "The Winner Takes it All".

O resto do elenco desempenha sua parte harmoniosamente. Amanda Seyfried mostra que tem jeito pra coisa e segura as pontas contracenando com Streep. Pierce Brosnan (aliás, está velho) também surpreende cantando e da mesma maneira surpreendem Colin Firth (sempre como o inglês travado dos seus filmes) e Stellan Skarsgard. Destaque ainda para a dupla de amigas antigas de Donna, interpretadas por Julie Walters e Christine Baranski. Elas garantem boas risadas.
Mamma Mia! têm o mérito de trazer o musical da Broadway para o mundo de um jeito alegre, despretensioso e divertido. As paisagens da Grécia hipnotizam e mesmo quando fica cansativo ouvir tanta música do ABBA, você esquece e entra na onda. Só que às vezes parece que a trama vai cair no ridículo, sobretudo por aquilo que é o mais importante do filme: Meryl Streep cantando!. Algumas pessoas podem estranhar e muito (isso quando elas vão ao cinema sabendo o que vao assistir, o que quase nunca acontece). Pra assistir sem culpa de ouvir ABBA e simplesmente pra diversão. Nem se arrisque se não gosta de musicais, porque esse é um dos bons.

Nota: 8,0

Um comentário:

Diego disse...

Poxaa, quero muito assistir! Fã de musicais como eu, já não vejo a hora de me deliciar aos sons de grandes sucessos do ABBA! auhauahu!

Se eu for convidado, assito! Fika a dica! auhauahu!

=)