sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Lua Nova

The Twilight Saga: New Moon
(EUA, 2009) De Chris Weitz. Com Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner, Billy Burke, Peter Facinelli, Michael Sheen, Dakota Fanning, Ashley Greene e Anna Kendrick.

Depois de um ano inteiro de espera, "Lua Nova" finalmente chegou. E pode-se imaginar como foi o dia né, filas longas para entrar, gritaria, multidão, mais gritaria... mas até que a plateia que assistiu o filme comigo soube se comportar muito bem até. Tão bem que talvez eu não precise ver o filme de novo para entender. Entender que a segunda parte da saga é melhor que a primeira, mas que ainda assim "A Saga Crepúsculo" não tem nada de especial demais para virar essa febre toda. Agora, porque o fenômeno existe? Acredito que essa ainda é uma pergunta sem resposta, mas que se deve principalmente a seus protagonistas. Robert Pattinson e Taylor Lautner se tornaram o sonho de qualquer adolescente e os atores chamam bem mais a atenção do que a história em si.
Após um acidente no seu aniversário, Bella é atacada por Jasper Cullen. Isso faz com que Edward tome uma decisão: ele precisa deixar Bella para protegê-la. A garota entra em desespero profundo e entra numa espécie de choque depressivo. Bella descobre que a única maneira de fazer com que Edward volte é se metendo em perigo. Nesse meio tempo, ela se envolve com Jacob Black, seu melhor amigo, e encontra conforto ali. O que ela não imaginava e que o amigo também faz parte de uma lenda: Jake é um lobisomem. A garota fica dividida entre o amor do vampiro que a abandonou e o amigo lobisomem. Toda a confusão mental se resolve quando Edward, achando que Bella está morta, decide se entregar para os Volturi, a realeza dos vampiros.

As correntes que dizem que toda a saga Crepúsculo é ruim não enxerga o filme pela ótica dos fãs. O filme é envolvente e consegue prender a atenção dos espectadores-alvo: os adolescentes! Quem acha que "Lua Nova" é um lixo é porque está acostumado com altos padrões - e, francamente, esses estão difíceis de ser encontrados hoje em dia. Mas o filme, apesar de fracas atuações e escorregadas feias no roteiro, atende bem aos propósitos que se destina: adaptar a obra de Stephenie Meyer e ganhar dinheiro. Ponto.

Por falar em atuações, na verdade estão todos muito bem para o porte do filme, com exceção da protagonista. Kristen Stewart é a única deslocada no meio da história toda. Sua Bella Swann continua não passando nenhuma das emoções que a personagem sofre, e olha que levar um toco do namorado e do melhor amigo não é pouca coisa pra um adolescente, isso sem contar que tem uma vampira sanguinária atrás dela. A trilha sonora do filme e a parte que reúne o clã dos lobisomens - enquanto homens, porque os lobos são um show à parte- também deixam a desejar. "Lua Nova" é um filme para adolescentes ou para aqueles que se permitam um pouco mais de diversão sem culpa. Como já relatei aqui uma vez, tentar comparar filmes como esse com os grandes clássicos é perda de tempo. Cada um funciona à sua maneira. E "Lua Nova" funciona, cumprindo seu papel com os fãs. Que venha "Eclipse".

Sim, eu gosto da saga, mesmo sabendo que a história é ruim, e daí?

Nota: 8,0

2 comentários:

cineamador disse...

Eu tenho uma resistencia grande com essa saga viu! Tanto no livro quanto no filme. Como eu faço? Foda.

Bruna disse...

eu ñ vi o filme ainda + espero ver e tenho certeza eu vou amar ou filme espero um dia conhecer os atores e atrizes bem isso é quase impossivel + nada que um sonho de uma fã do filme e deles